DCE E DAs vão a Belo Horizonte cobrar melhorias

May 20, 2019

Um dos princípios da Gestão em Frente do DCE é a busca constante por melhorias e pela representação efetiva para todos os estudantes da PUC Minas em Poços de Caldas. Com esse objetivo, membros da diretoria do DCE, bem como de alguns Diretórios Acadêmicos, estiveram na última segunda-feira (13/05) em Belo Horizonte em várias agendas na capital.

 

O DCE tem se engajado na defesa dos estudantes que tiveram suas bolsas de iniciação científica suspensas pela FAPEMIG no final de fevereiro. Só no campus de Poços, foram 29 pesquisadores prejudicados. Como forma de buscar mais informações e explanar sobre a grave situação enfrentada, a primeira reunião foi com o presidente da Fundação, Prof. Evaldo, por intermédio da Deputada Estadual Ana Paula Siqueira, que também acompanhou a reunião. Segundo Evaldo, os cortes de repasses do governo de Minas Gerais resultaram na decisão da Fapemig em suspender as bolsas. Segundo ele, o repasse constitucional que deveria estar na casa de mais de R$30 milhões/mês, está em R$6,5 milhões. Diante disso, os representantes do DCE questionaram a divulgação do corte apenas 1 semana antes do início dos projetos, bem como o próprio lançamento do edital sem a perspectiva de recursos para custear as bolsas. Ficou encaminhado ainda a possibilidade de evento em Poços de Caldas para que se possa tratar mais a fundo da situação e cobrar do Governo do Estado a efetiva liberação de recursos para o cumprimento de tão importante ação. A Deputada Ana Paula Siqueira ainda destacou que seguirá acompanhando de perto a situação e cobrando os responsáveis nas diversas instâncias.

 

Na sequência, a comitiva de representantes da PUC Poços esteve no campus da PUC Coração Eucarístico, onde foi possível ampliar o diálogo com integrantes do movimento estudantil de BH, criando uma ponte para resolução de possíveis pautas em comum. 

 

A principal agenda do dia foi a reunião com a vice-reitora da PUC Minas, professora Patrícia Bernardes. Foram tratados diversos assuntos de interesse dos estudantes, com destaque para a necessidade de ampliação do financiamento estudantil e bolsas sociais da PUC também para alunos veteranos; o descontentamento da comunidade discente com as disciplinas semi-presenciais e a necessidade de reversão das mesmas para presenciais; melhorias estruturais como cobertura da quadra de esportes, ar-condicionado em salas de aula, condições de laboratórios e acessibilidade; além do apoio na realização de ações culturais e esportivas, dentre outros diversos assuntos. Cada representante de diretório presente ainda teve a oportunidade de falar sobre questões pontuais de seus cursos e encaminhar sugestões. A Prof. Patrícia recebeu muito bem as demandas e propôs alguns encaminhamentos posteriores, que serão acompanhados de perto pelo DCE.

 

Apesar da distância e da viagem cansativa, todos os diretores presentes entenderam como positivos os encaminhamentos, assim como as conexões e contatos realizados. 

 

O DCE valoriza os seus associados e direciona sempre atenção a todas as demandas que são apresentadas. Em Belo Horizonte, ficou clara a intenção da Gestão Em Frente em representar bem os estudantes e trazer resultados efetivos para todos, construindo coletivamente com todo o movimento estudantil e apoiando as mais diversas causas.

 

Representando o DCE: Luana Dantas, Felipe Fernandes, Lucas Suvê, Jessica Thais, Mateus Lopes e Bruna Oliveira.

Representando os DAs: Jaime Neto, Katlylin Eleuterio, Maique Corrêa, Angier Barbosa, Elias Lopes e Leandro Freire.

 

 

DCE - Trabalho, propósito e diversidade.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

TERMINA A CAMPANHA SOLIDARIZA PUC - Cursos com menos alunos se destacam

October 20, 2017

1/3
Please reload

Posts Recentes